Rodrigo Neves e Axel Grael prorrogam por 3 meses programas de renda básica para população vulnerável e pequenas empresas

Medida busca expandir auxílios oferecidos para mitigar impacto da pandemia na cidade fluminense

 Com a estratégia de proteger recursos e empregos acessíveis à população mais vulnerável de Niterói (RJ) durante a pandemia do Covid-19, o prefeito eleito, Axel Grael (PDT), sugeriu ao atual gestor, Rodrigo Neves (PDT), a prorrogação, por três meses, dos programas Renda Básica Temporária e Empresa Cidadã. Em concordância, foi enviado na terça-feira (8), ao legislativo municipal, duas mensagens executivas para aprovação.

O Renda Básica atende 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade social na cidade da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Já o Empresa Cidadã é destinado ao pagamento de salário de 12 mil funcionários de pequenas empresas locais.

Rodrigo Neves acredita na deliberação positiva com urgência, pela Câmara, para que as medidas possam ser sancionadas ainda neste mês de dezembro e representem, a partir de 2021, o início de um novo ciclo de sucesso.

“Possibilita que o prefeito eleito Axel Grael possa garantir o pagamento dos benefícios, no início de janeiro, como primeira medida de sua gestão. Fizemos, na minha administração, um planejamento financeiro e orçamentário de maneira que o prefeito eleito pudesse ter esses recursos assegurados no início do ano independente da arrecadação do próximo ano”, explicou Rodrigo Neves.

O prefeito atual destacou ainda que a previsão de investimento do município é de R$ 111 milhões, o que garantirá apoio para mais 100 mil cidadãos.

“É um aporte de R$ 75 milhões para as 50 mil famílias beneficiadas pelo Renda Básica Temporária. Além disso, serão investidos R$ 36 milhões na manutenção do Empresa Cidadã, neste mesmo período, para preservar cerca de 12 mil empregos e ajudar a manter as nossas pequenas empresas de pé. Um total de R$ 111 milhões para manter o compromisso de dar continuidade dos avanços de Niterói”, ressaltou.

Axel Grael valorizou a aceitação da atual do projeto do PDT, confirmada nas urnas ainda no primeiro turno, e reforçou o compromisso de disponibilizar um suporte fundamental para as camadas mais populares até a chegada da vacina em 2021.

“O resultado expressivo que tivemos nas urnas é um reconhecimento da população ao ciclo de oito anos do governo Rodrigo Neves. É também um reconhecimento à qualidade da equipe que integrou essa gestão e em grande parte continuará conosco. Um time que foi fundamental para construir esse resultado e fazer de Niterói uma referência nacional”, disse.

“Já estamos trabalhando nas primeiras medidas do próximo ano, em que vamos continuar priorizando o combate à pandemia e a retomada econômica. Estamos muito animados, com muita vontade e certeza que faremos a cidade continuar avançando”, completou.

Evolução

Rodrigo Neves destacou ainda que tem 20 dias para organizar a transição para a nova gestão.

“Vamos organizar, nessas três semanas que temos pela frente, a passagem da gestão para a continuidade do trabalho. Nós precisamos tomar algumas decisões relacionadas ao planejamento orçamentário, ao combate a pandemia do coronavírus, e vinculadas a retomada da economia – que precisam de iniciativa da atual administração que vai até o dia 31 de dezembro”, afirmou.

“Estamos num contexto complexo e de grandes desafios, mas ao mesmo tempo promissor e bastante otimista. Niterói tem a segurança pública sob controle e uma gestão fiscal em condição de excelência”, finalizou.

Renda Básica Temporária – Pelo programa, a Prefeitura de Niterói paga um auxílio mensal de R$ 500 a cerca de 50 mil famílias incluídas no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal ou com filhos matriculados na rede municipal de ensino de Niterói. O pagamento é feito através de um cartão de compras, que pode ser utilizado no comércio da cidade.

Empresa Cidadã – O programa Empresa Cidadã apoia micro e pequenas empresas, clubes e entidades filantrópicas com até 40 empregados no pagamento de um salário mínimo mensal de até nove funcionários. Em contrapartida, as empresas não podem reduzir o número de postos de trabalho por até oito meses. São cerca de três mil empresas cadastradas no programa, beneficiando cerca de 12 mil empregados.

 

(Bruno Ribeiro com informações da Prefeitura de Niterói.)