Resistência democrática pauta nova edição do “PDT de Portas Abertas”

Ascom FLB-AP Rio
09/12/2018

O PDT carioca abriu suas portas, na última sexta-feira (7), para um evento que mobilizou mais de cem pessoas na sede da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP). A nova edição, realizada em parceria com a Juventude Socialista (JS), marcou um novo momento da evolução do campo popular fluminense a partir da exaltação do legado brizolista.

O debate “Construindo a Resistência: de Brizola a Ciro” contou com intervenções de Fernando William, vereador pedetista da capital, Everton Gomes, vice-presidente da Fundação no estado de Miguel do Rosário, do blog O Cafezinho, e Fernando Mendonça, da página Cirão Carioca.

Em formato interativo e que fugiu do convencional, o encontro gerou reflexões sobre diversas formas de resistência ao atual momento, a partir da eleição de Jair Bolsonaro.

Everton Gomes destacou a necessidade de levar o partido para todas as regiões, bem como comentou sobre a filosofia oriental chamada de anti resistência. Já Fernando William pontuou a urgência de retomar o diálogo com o povo e a territorialidade da luta política. Para Miguel e Fernando, a luta da comunicação e a disputa de narrativas precisam ser priorizadas no campo popular.

O evento contou ainda com as participações do presidente nacional da Juventude Socialista (JS), William Rodrigues, da Frente Nacional Trabalhista, do militante italiano da Juventude do Partido Democrático (PD), Ludovico Manzani, dos presidentes do PDT carioca e do Movimento Cultural Darcy Ribeiro, Augusto Ribeiro e Jairo Coelho, respectivamente.