Bruno Calderaro, coordenador de CIEPs e ex-vereador no governo Brizola, morre em Friburgo

Ex-vereador, o professor, que coordenou os CIEPs no governo Brizola, faleceu nesta quinta-feira (8)

O ex-vereador e fundador do Partido Democrático Trabalhista (PDT) em Nova Friburgo, Bruno Calderaro, faleceu, nesta terça-feira (8), em decorrência de complicações geradas pelo câncer nos pulmões. Aos 78 anos, deixa três filhos. O velório foi nesta quinta-feira (10), a partir das 12h, no Memorial SAF, no bairro Duas Pedras, na cidade da Região Serrana do Rio. Às 16h, o enterro foi realizado  no Cemitério São João Batista, localizado no Centro do município.

Além da atuação em colégios públicos e privados da cidade, Calderaro, que é formado em História, marcou sua trajetória profissional ao ser coordenador de educação na gestão do governador, Leonel Brizola, na década de 80. Na oportunidade, o professor trabalhou no projeto dos Centros Integrados de Educação Pública (Cieps).

Atuante desde a fundação do PDT municipal, exercia a função de segundo-secretário e membro do diretório local. Na política, também ocupou uma vaga Câmara de vereadores por dois mandatos, acumulando o período entre 1992 e 2000.

Trabalhista, o militante da educação contribuiu ainda para a criação do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) e condução do Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo.

Abaixo, íntegra da mensagem da direção do PDT de Friburgo, sobre Bruno Calderaro:

“Nós, do PDT, agradecemos o companheirismo e toda devoção que Bruno Calderaro teve ao nosso partido durante todos esses anos, mas, acima de tudo, aos sonhos de educação e do trabalhismo, dos quais ele compartilhava junto a Leonel Brizola e Darcy Ribeiro.

Seus sonhos, luta e entusiasmo seguem com a gente. Lembraremos sempre, com muito carinho e saudade, de todos os ensinamentos do nosso eterno mestre; de suas atas tão bem feitas como secretário da nossa executiva; dos seus dois mandatos de vereador e dos tantos alunos que formou como professor da rede pública.

Mais do que um filiado, aliado e precursor pedetista, perdemos um amigo de longa data. Estamos de luto em memória de quem tanto desbravou inúmeras lutas que agora seguem no seu exemplo.

A toda a sua família, seus amigos e companheiros, o nosso abraço fraterno”

 

(Bruno Ribeiro com informações de ‘A Voz da Serra’)