Podcast de Brizola, via Centro de Memória Trabalhista: “Tem que se dedicar, aprender e estudar”

Defesa da educação foi a base do discurso, de 1999, resgatado pelo Centro de Memória Trabalhista

“Tem que se dedicar, aprender e estudar”, propagava o fundador e presidente de honra do PDT, Leonel Brizola, ao público presente em reunião do partido no Rio de Janeiro, em 1999. Divulgada no podcast do Centro de Memória Trabalhista (CMT) nesta quinta-feira (14), a mensagem reafirmou uma bandeira fundamental: a educação.

“Porque em tudo é preciso se preparar”, reforçou o líder trabalhista ao indicar o elo entre a qualificação e a organização para fortalecimento não só do militante, mas de todo o partido.

De forma ilustrativa, Brizola citou ainda um ditado chinês e uma metáfora popular para traduzir seu pensamento e, assim, reverbera-lo a partir do pleno conhecimento.

“No mínimo, nós precisamos gastar o dobro de tempo afiando o machado em relação ao tempo que nós vamos gastar para cortar uma madeira no mato”, disse.

“Quem gosta de música, de instrumento, não pense que vai aprender a tocar violão, a tocar acordeão, violino – ou seja o que for – simplesmente com dois lances ali”, completou.

(Por Bruno Ribeiro)

Acompanhe aqui a fala, na íntegra.