Petrobrás e soberania nacional serão temas de seminário que começa hoje às 19 hs

Com  Lupi e Ciro, debates virtuais reunirão lideranças políticas e do setor petrolífero

A Petrobrás será o tema central do seminário virtual promovido pelo PDT em parceria com a Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP). Com três painéis entre os dias 3, 4 e 5 de maio, a iniciativa coordenada pelo Centro de Memória Trabalhista (CMT) fomentará o debate com a presença de lideranças da política e do setor petrolífero nacional.

Na abertura programada para dia 3 de maio, às 19h, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, mediará o debate sobre a o tema Petrobrás e soberania brasileira que terá como participantes a presidente nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, o ex-ministro das Comunicações e deputado federal André Figueiredo (PDT-CE) e o ex-ministro da Defesa Aldo Rebelo.

Pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes analisará a histórica contribuição da Petrobrás no desenvolvimento do país ao longo do segundo painel, que ocorrerá no dia 4 de maio, às 19h. Mediado pelo deputado federal Mário Heringer, o encontro também terá como convidados a geóloga Patricia Laier e o engenheiro Felipe Coutinho, ambos da direção da Associação dos Engenheiros da Petrobrás – AEPET.

O terceiro painel avaliará a “guerra híbrida” envolvendo a maior companhia do Brasil. No encontro, que marcará o encerramento do evento, o secretário-geral nacional do PDT e presidente da FLB-AP, Manoel Dias, receberá o ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Celso Amorim, o presidente da AEPET, Pedro Pinho, e o jornalista Beto Almeida.

Para o coordenador do CMT, Henrique Matthiesen, o seminário, que integra o projeto “Legados Trabalhistas”, representa uma oportunidade de reforçar a fundamental missão da empresa idealizada por Getúlio Vargas, em 1953.

“Mais que uma simples estatal, ela representa um marco na luta pela independência do Brasil e emancipação do povo. É necessário abrir espaço para debates que evidenciem a luta em prol da preservação do patrimônio nacional”, afirmou.

Para acompanhar a transmissão ao vivo, acesse o Youtube ou o Facebook.

(Por Bruno Ribeiro / PDT-RJ)