PDT perde Henrique Melman, ex-prefeito de Arraial do Cabo

Morreu nesta terça-feira (1º) o ex-prefeito de Arraial do Cabo por dois mandatos, Henrique Sérgio Melman, aos 90 anos. Melman estava internado em um hospital particular no Rio e enfrentava problemas de saúde desde abril, mas chegou a se recuperar. Segundo a família, ele sofreu uma parada cardíaca depois de se sentir mal e dar entrada em um hospital no Rio, onde morava. Informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

Nascido em Recife em 24 de abril de 1931, Henrique Melman era formado em Engenharia e atuou no ramo empresarial. Desportista, fez parte da equipe brasleira de polo aquático que disputou as Olimpíadas de Helsinque, na Finlândia, em 1952.  Na política, era filiado ao PDT, e concorreu novamente ao cargo de prefeito nas últimas eleições municipais, ano passado, aos 89 anos.

Respeitado por Leonel Brizola por sua lealdade e firmeza de caráter, Melmann nunca se afastou do PDT nem mesmo quando o então governador Garotinho, em guerra aberta contra Brizola, cooptou todos os prefeitos do partido – exceto um, que não se curvou diante de Garotinho, Henrique Melman. Além de brizolista, Melman era admirador de Getúlio Vargas.

Em sua última entrevista à ‘Folha dos Lago’s, durante a campanha do ano passado, em outubro, disse que ainda tinha muito a contribuir com Arraial do Cabo, município que amava e governou por duas vezes, tendo em uma delas como vice-prefeito José Bonifácio, atual prefeito de Cabo Frio  e ex-deputado estadual.

– Fui prefeito há doze anos. Depois que deixei a prefeitura observei que a cidade, embora tenha se tornado muito rica, não evoluiu. Com a pouca receita que tinha na prefeitura, na época em que governei a cidade, realizei mais de 250 obras, trouxe projetos para a cidade. Hoje, aos 89 anos, me sinto apto a fazer mais. Eu quero acabar os meus dias podendo fazer mais por minha Arraial do Cabo, basta de tanto roubo. Quero contribuir para o desenvolvimento de Arraial do Cabo e acredito que, para isto, basta não roubar. O legado que é transformar a cidade no que ela merece, em prol do povo – declarou.

O atual prefeito do município, Marcelo Magno, fez uma publicação nas redes sociais, lamentando a morte de Melman e disse que vai decretar luto oficial por três dias. “Com respeito, reconhecimento de sua importância e contribuição ao nosso município, vou decretar luto oficial por três dias”, declarou Magno.

Fonte: Folha dos  Lagos/O DIA/ OM