PDT Diversidade do Rio homenageia Rogéria no I Congresso Estadual

Os retrocessos de governos preconceituosos recebem críticas da direção e dos militantes

*Por Bruno Ribeiro

Brasília, 12/12/2017 – “Rogéria brilha”. Ao homenagear, no slogan, a grande artista brasileira que integrou os quadros pedetistas, o PDT Diversidade do Rio de Janeiro realizou o seu I Congresso Estadual. Com importantes debates acerca das conquistas da população LGBT e sobre os retrocessos de governos preconceituosos, o movimento reuniu, no último sábado (9), na sede do partido, no Centro da capital, militantes de todo o estado.

O evento pautou ainda as necessárias discussões sobre a necessidade de mudanças na legislação federal para a efetivação de seus direitos. Segundo os participantes, diante da conjuntura municipal, onde educação, cultura e religiosidades são usadas como ferramentas de manipulação, a difusão do conhecimento é essencial para a existência de um legítimo estado democrático.

Para Fabiana Karine, que foi reeleita presidente na nova Executiva Estadual, a construção temática foi de extrema importância para a formação política dos membros na renovação do ciclo de lutas. “O cenário atual do Rio mostra um endurecimento de políticas públicas a partir do cerceamento dos direitos humanos. Por isso, seguiremos cada vez mais fortes contra a ‘LGBTfobia’ e na busca de novos espaços e garantias”, indicou, ao exaltar o trabalho realizado pelos integrantes do movimento em todo o país.

O vice-presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Everton Gomes, lembrou que o PDT Diversidade tem o DNA do Rio de Janeiro. “Desde 2007, já na JS, criamos a primeira secretaria LGBT do movimento. Depois, participamos da 1ª Conferência LGBT do Rio. Avançamos com o Núcleo Cazuza (RJ), o Flores do Serrado (DF) e o MDC (MG). Até chegarmos ao I Encontro LGBT da JS no XV Congresso Nacional, em 2012. Relembro ainda das diversas intervenções nos fóruns do partido”, pontuou.

O evento contou ainda com as participações dos presidentes nacionais da Diversidade e Juventude Socialista (JS), Amanda Anderson e William Rodrigues, e do professor Luiz Serafim, que representou a deputada estadual, Marta Rocha.

A diretoria eleita ficou com a seguinte composição:

Presidente: Fabiana Karine;
Vice-presidente: Thiago Veras;
Secretária-geral: Izabella Hintz;
Tesoureira: Annie Machado;
Secretário de Comunicação: Willian Couto;
Secretário de Articulação Política: Eduardo Oliveira;
Secretária de Movimento Estudantil: Emelly Estefane.

Com informações do PDT Diversidade do Rio.