PDT de Niterói perde Ricardo Pinheiro, fundador e brizolista da 1a. hora

O advogado Ricardo Pinheiro, brizolista da primeira hora, dirigente histórico do PDT de Niterói e ex-subprocurador geral da Câmara Municipal de Niterói e ex-procurador-chefe do Centro de Estudos Jurídicos da Prefeitura  de Niterói, faleceu ontem, domingo 4/10, de infarto, em sua casa em Piratininga. Ricardo Pinheiro será velado hoje a partir do meio-dia na Capela 2 do cemitério Parque da Colina, na Região Oceânica de  Niterói, onde morava; e o seu sepultamento está marcado para as 15 horas, no mesmo cemitério. 

O advogado Ricardo Pinheiro, brizolista da primeira hora, dirigente histórico do PDT de Niterói e ex-subprocurador geral da Câmara Municipal de Niterói e ex-procurador-chefe do Centro de Estudos Jurídicos da Prefeitura  de Niterói, faleceu ontem, domingo 4/10, de infarto, em sua casa em Piratininga.

Ricardo Pinheiro será velado hoje a partir do meio-dia na Capela 2 do cemitério Parque da Colina, na Região Oceânica de  Niterói, onde morava; e o seu sepultamento está marcado para as 15 horas, no mesmo cemitério.  Ricardo era gaúcho de Porto Alegre, formou-se em Direito pela UNISINOS-RS e deixa filhos e netos.

Ricardo Pinheiro também militou no Diretório estadual do PDT do Rio de Janeiro, além de ser ex-integrante da Executiva do Diretório Municipal do PDT em Niterói.  Como militante ativo do partido,  Ricardo conviveu com Leonel Brizola, com o ex-prefeito Jorge Roberto Silveira, com o ex-prefeito João Sampaio e foi um dos históricos que receberam no partido, de braços abertos, Rodrigo Neves, a quem atualmente assessorava.

Na sua última postagem no Facebook, há quatro dias, em ritmo de  campanha eleitoral – que adorava e sempre  se posicionava de forma transparente  – pediu votos para o PDT, como sempre: Axel Grael prefeito e Binho Guimarães vereador.