Paulo Ribeiro, sobrinho de Darcy Ribeiro, morre aos 61 em Montes Claros (MG)

Até 2017, sociólogo presidiu a Fundação Darcy Ribeiro  

*Por Bruno Ribeiro / PDT-RJ

Na madrugada deste sábado (24), o ex-presidente da Fundação Darcy Ribeiro (Fundar) e sobrinho do antropólogo pedetista, Paulo Ribeiro, faleceu aos 61 anos, em Montes Claros (MG). O corpo foi cremado em Belo Horizonte, capital do estado.

“Paulinho” – como era conhecido – lutava contra um câncer na cidade do Norte de Minas, onde nasceu e  ocupava o cargo de secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Assessor de Darcy no governo do estado do Rio e no Senado Federal, Paulo também foi o idealizador da TV Escola e da Rede Minas de Televisão. Antes, contribuiu com a gestão do pai, Mário Ribeiro (falecido em 1999), que foi prefeito do município, do interior mineiro, entre 1989 e 1992.

Homenagem

O Movimento de Aposentados, Pensionistas e Idosos do PDT (Mapi), a partir da sua presidente, Maria José  Latgé, exaltou a trajetória do sociólogo.

“Participou ativamente, durante as construções dos CIEPs, da busca por locais onde seriam construídos, bem como dos tombamentos de praias, desde Paraty ao Norte Fluminense”, detalhou.

O jornalista Sérgio Caldieri ratificou o comprometimento de Paulo com a educação e o fortalecimento da Fundar, que conduziu entre 2008 e 2017.

“Paulinho fez uma brilhante administração quando dirigiu a Fundação Darcy Ribeiro, no Rio de Janeiro, e depois em Brasília, quando foi inaugurado o Memorial Darcy Ribeiro, o Beijódromo”, afirmou, ao mencionar a reedição de inúmeras obras de Darcy.