Partido quer fomentar integração e qualificação no Rio a partir da FLB-AP

Projetos-piloto serão executados em nível regional para servir de base aos demais estados

“Com qualificação e integração, vamos crescer de forma inovadora e consistente”, projetou o presidente nacional do PDT e do Conselho Curador da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), Carlos Lupi, durante encontro virtual, nesta quinta-feira (8), com representantes do órgão de cooperação do partido.

Como prioridade, o início de novos projetos-piloto que serão focados em eixos centrais: conquista de novos filiados, formação contínua de quadros e promoção das bandeiras trabalhistas. Em destaque, a implantação de cursos personalizados para a realidade fluminense, de ciclos de debates temáticos e de plataformas interativas para mobilização.

Ao valorizar o trabalho já realizado pela direção local da Fundação, a partir do vice-presidente Everton Gomes, Lupi, que também é presidente do partido no estado, acredita que o fomento de inovações, principalmente pela internet, estimulará o protagonismo pedetista em mais conquistas.

“Não é quantidade, mas qualidade na militância. Buscamos um partido organizado, preparado e com conteúdo para fortalecer os projetos estaduais e a pré-candidatura do Ciro Gomes a presidente da República. Assim, conseguiremos executar a justiça social para o nosso povo”, comentou.

“Estamos desenvolvendo novas iniciativas, inclusive no digital, com intuito de protagonizar mais conquistas. Que essa experiência dê certo e crie um volume modelar para o Brasil”, completou.

(Por Bruno Ribeiro)