Niterói (RJ) lança ferramenta digital gratuita que ajuda na abertura de novos negócios

Prefeito Axel Grael (PDT) enfatizou que a plataforma ajudará o empreendedor na retomada econômica

Administrada pelo PDT, a Prefeitura de Niterói (RJ) está disponibilizando uma plataforma digital gratuita para desburocratizar e ajudar no desenvolvimento de novos empreendimentos na cidade. Chamada de Novos Negócios, a ferramenta que foi lançada nesta quarta-feira (12), permite que o empreendedor pesquise uma série de dados relativos à abertura e à viabilidade do seu futuro negócio, contribuindo para a tomada de decisões com mais segurança.

Por meio desta aplicação, construída pela equipe do Sistema de Gestão da Geoinformação (SIGeo), do Escritório de Gestão de Projetos do Município, os interessados em iniciar um negócio na cidade poderão consultar as informações remotamente para uma análise preliminar, sem precisar se deslocar até a Prefeitura.

Os dados disponíveis contemplam zoneamentos, legislações, localização de empresas e equipamentos públicos e privados, possibilitando ao empreendedor potencial o apoio necessário ao seu estudo de viabilidade para abertura de uma empresa na área escolhida através de uma consulta avançada à legislação municipal vigente e aos seus dados geográficos.

A ferramenta vem sendo aperfeiçoada desde 2019. O prefeito de Niterói, Axel Grael (PDT), enfatiza que a plataforma, que pode ser acessada aqui, ajudará o empreendedor neste momento de retomada econômica, após o período de pandemia.

“Ao acessar esta plataforma, será possível ter informações sobre ruas, leis e empresas que existem na região pesquisada, além de dados econômicos e informações relacionadas a infraestrutura do local. Se você quiser abrir uma padaria, por exemplo, saberá qual é a localização mais estratégica para o negócio. Também contaremos com a parceria de instituições como o Sebrae, a Firjan e a CDL na divulgação desta iniciativa”, diz.

A plataforma tem como finalidade a consulta e cruzamento de dados espaciais georreferenciados do banco de dados do SIGeo, e conta com informações atualizadas das Secretarias de Urbanismo, Fazenda, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, entre outras. Novos Negócios traz também um site contendo o story map da cidade, que tem a apresentação de informações mais dinâmicas para usuários que não conhecem Niterói, fazendo com que tenham acesso a estatísticas da cidade, principalmente nos setores motores de desenvolvimento.

“A aplicação de Novos Negócios vem a colaborar com o Plano de Retomada Econômica na cidade, já que facilita a pesquisa do mercado local, através de informações georeferenciadas, e também, municia o empreendedor de informações fundamentais para abertura do negócio. Além disso, o SIGeo poderá oferecer mais de cem camadas de informações quanto à infraestrutura de Niterói, informações valiosas para quem deseja investir na cidade”, reforça a Secretária do Escritório de Gestão de Projetos, Valéria Braga.

Para facilitar o uso da ferramenta, estão disponíveis também tutoriais com o objetivo de auxiliar o manuseio das buscas, aplicação de filtros e extração das análises. A plataforma não substitui a extração de um documento oficial de viabilidade na implementação dos processos para a abertura de um empreendimento. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Américo Diniz, lembra que a ferramenta visa apenas a fornecer meios para que o empreendedor realize uma análise preliminar.

“Com esta iniciativa, Niterói, que cada vez mais se mostra pioneira em processos inovadores de gestão, possibilita análises para ações futuras muito mais seguras e, com isso, consequentemente, ganha toda a cidade”, afirma.

Especialista na área de projetos da Firjan, Washington Luiz Alves da Cruz, também destacou o pioneirismo da cidade com a iniciativa.

“A cidade merece uma ferramenta como esta, uma cidade onde as pessoas se interessam muito em investir, em empreender. Com o tempo, as pessoas vão se acostumar a usar esse tipo de ferramenta para pesquisa. Vamos colaborar da melhor forma possível com esta iniciativa da Prefeitura”, pontua.

A Coordenadora do Sebrae Leste Fluminense, Juliana Ventura, frisa que a plataforma vai ajudar, sobretudo, ao pequeno empreendedor que gostaria de abrir a sua empresa e, muitas vezes, não tem as informações necessárias e nem a ideia do tipo de negócio que pode abrir.

“Quando temos uma ferramenta que consegue concentrar todas as informações com quantidade de empresas, locais mais apropriados e mercado, isso faz toda a diferença para o pequeno empreendedor. O Sebrae apoia a ideia a vai ajudar na divulgação, uma vez que temos um grande potencial de negócios. A plataforma vai também viabilizar ao pequeno empreendedor que não tem recursos para investir em uma pesquisa de mercado, poder ter todos esses dados e tomar a melhor decisão”, afirma.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Niterói, Joaquim Pinto, a plataforma vai ajudar a impulsionar a cidade ainda mais não só internamente, como externamente.

“A iniciativa vai dar um impulso na retomada da economia da cidade, além dos programas que a Prefeitura já lançou de apoio às empresas e as famílias que mais precisam, contribuindo para fazer a economia girar na cidade. Acho que a plataforma é muito importante e deve ser divulgada não só para as entidades empresariais como também para toda a população. É uma fermata muito importante para a cidade como um todo”, acrescenta.

 

(Fonte: Prefeitura de Niteroi)