Movimento Cultural Darcy Ribeiro mostra representatividade na defesa do legado trabalhista

Por Bruno Ribeiro

(Ascom Santa Catarina)

Com a mobilização de representantes de todas as regiões do país, o Movimento Cultural Darcy Ribeiro (MCDR) promoveu no Rio de Janeiro, desde a última sexta-feira (7), uma série de eventos que permitiram aprofundar um balanço das ações desenvolvidas desde a criação da iniciativa pedetista, promovida em 2018 e que já alcança 19 estados.

Com o apoio integrado dos demais movimentos, como a Juventude Socialista e a Ação da Mulher Trabalhista (AMT), o presidente nacional do MCDR, Roberto Viana, iniciou a programação com uma plenária na sede da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini, no Centro da capital fluminense, que abordou a rotina em torno das pautas nacionais e locais.

Ao lado do secretário-geral do PDT, Manoel Dias, e do presidente nacional da JS, Willian Rodrigues, Viana mostrou a força da organização partidária na defesa das bandeiras trabalhistas e no combate aos retrocessos do governo Bolsonaro.

“A cultura é uma dos principais caminhos para alcançar a conscientização do povo, que precisa ter plena noção do que o governo atual está fazendo com conquistas históricas. Com a nossa abrangência e proximidade com todas as classes, vamos ser um fundamental braço da resistência. É o legado de Darcy Ribeiro nas ruas”, comentou.

Para Manoel Dias, “o PDT tem, em cada um dos seus movimentos, uma ferramenta para fomentar a nucleação de base.

“A promoção dessas iniciativas integradas, a partir da nossa Fundação, será fundamental para o partido fazer, cada vez mais, a diferença no país. Temos história e o legado do Trabalhismo norteia nossa caminhada ao lado do povo”, afirmou, que recebeu uma medalha de reconhecimento pelo apoio ao movimento.

“Somente com conhecimento vamos transformar o Brasil. A revolução será nesse sentido. Com a força da nossa militância, temos tudo para lutar por um país mais justo, igual e democrático”, completou.

No sábado (8), o grupo formado por lideranças promoveu a reunião da Executiva Nacional. A atividade encaminhou as diretrizes para os próximos anos, que estão alinhadas com as ações do PDT para impulsionar o projeto nacional de desenvolvimento liderado por Ciro Gomes.

Na ocasião, Viana também falou da importância de ter artistas engajados na colocação da Cultura como ferramenta primordial de transformação social.

“Estamos avançando, mas o caminho é longo. Com muito trabalho e dedicação, vamos dar nossa contribuição no desenvolvimento do país pelo viés de Leonel Brizola”, concluiu.