Lupi se reúne com lideranças sindicais para fortalecer a luta dos trabalhadores

PDT estimula movimento sindical em prol de projeto trabalhista nacional 

“Venha para o PDT e seja protagonista da sua história. Vamos lutar, nesse caminho progressista, com Ciro Gomes”, disse o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, durante reunião híbrida (presencial e virtual) com lideranças sindicais nesta sexta-feira (12). Na pauta, o estímulo integrado ao movimento para fortalecer o projeto trabalhista e conquistar novos filiados. Presente no auditório da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), na cidade do Rio de Janeiro, o ex-ministro do Trabalho e Emprego valorizou a organização unificada para projetar a representatividade e as bandeiras do Trabalhismo.

“O principal objetivo é mobilizar os sindicalistas para potencializar o movimento e o partido nos municípios de todo o Brasil”, indicou, ao agradecer a expressiva participação da militância e reforçar a importância das medidas de proteção contra o COVID-19.

“Sem trabalhador não existe nação. Precisamos garantir os empregos e os direitos dos brasileiros”, garantiu, ao citar sua passagem, entre 2007 e 2011, pela pasta criada por Getúlio Vargas e extinta, em 2019: “Deixei o ministério com 4% de desempregados. Um país com pleno emprego. Hoje, temos quase 15%”.

Ao aprofundar a análise da realidade do mercado, Lupi condenou as ações organizadas por governos neoliberais para subtrair conquistas históricas e desestruturar as organizações populares.  “Fizeram uma reforma para tirar direitos dos trabalhadores. É também um projeto de destruição dos sindicatos. Obra conjunta do Michel Temer e do profeta da ignorância, Jair Bolsonaro”, afirmou.

O evento contou ainda com as considerações do presidente do PDT carioca, Augusto Ribeiro, e de sindicalistas, como Fernando Bandeira, Serafim, Maria Helena e Márcio Carvalho.

(Por Bruno Ribeiro)

 

Confira o encontro, na íntegra: https://www.facebook.com/pdt.org.br/videos/543161646659386