Diretório Estadual do PDT discute a Reforma da Previdência

Nesta segunda-feira, 15 de julho, o Diretório Estadual do PDT reuniu-se, em seu encontro mensal, no auditório da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini, com uma pauta definida: discutir a votação em primeiro turno da Reforma da Previdência.

Além de a explanação de seu presidente nacional, Carlos Lupi, os dois deputados representantes do Rio de Janeiro, Paulo Ramos e Chico D’Ângelo, falaram, detalhadamente, sobre este processo; a terceira parte foi dedicada ao debate.

Como os dois deputados iriam falar especificamente sobre a reforma, Lupi dedicou o maior de seu tempo para explicar, aos membros do diretório e militantes pedetistas, as causas e efeitos dos votos de oito integrantes da bancada federal, em claro desrespeito a o que foi decidido pelas instâncias superiores do PDT, estatutariamente.

Neste sentido, o Partido vai obedecer – rigorosamente, como definiu o presidente Carlos Lupi – seu Estatuto e Programa. Já nesta quarta-feira, ocorre, em Brasília, uma reunião da Executiva Nacional, ampliada com os movimentos partidários e Comissão de Ética.

Durante esta primeira parte da discussão partidária sobre os votos contrários destes deputados, vão ser instaurados processos, individuais. Como em todos os casos anteriores, cada um terá amplo direito de defesa; cabendo ao Diretório Nacional deliberação final e irrecorrível.

Para Lupi, “é mais que uma imoralidade alguém do PDT votar contra a parte mais frágil da sociedade”.

O presidente Lupi falou sobre o orgulho que tem com os dois deputados que representam o Rio de Janeiro – Paulo Ramos e Chico D’Ângelo –, que demonstram coragem, lealdade e honradez.

Também exaltou o trabalho de liderança do deputado André Figueiredo, principalmente com o vitorioso destaque apresentado pela bancada do PDT, que “diminuiu o estrago aos professores. Destaque do PDT!”.

Ao finalizar esta primeira parte da reunião do Diretório, fez um apelo-tarefa à militância do Rio de Janeiro: que use as redes sociais para informar o que ocorreu durante a votação e como são os procedimentos internos. Para isto, é importante ler as informações que estão na página do Partido, destacou.

Ouça as palestras: Paulo Ramos (parte 1) – Paulo Ramos (parte 2) – Chico D’Ângelo.