Curso qualifica líderes comunitários no Rio de Janeiro

FLB-AP/ Fábio Pequeno
26/05/2018

A Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) do Rio de Janeiro, realizou o curso “Treinamento de Lideranças Comunitárias”. O treinamento aconteceu no final de maio e abordou temas como “O PDT e as Comunidades: A história do MCT”, aspectos de organização de organizações populares, relações do governo com a sociedade civil, captação de recursos, dentre outros.

Um dos pontos altos do treinamento foi a realização do painel “Roda de Vivências –Experiências e Estratégias Locais”, com Heitor Wegmann Júnior, presidente Associação de Moradores e Amigos do Jardim Botânico, que abordou algumas experiências inovadoras e positivas na gestão que conseguiram construir parcerias que beneficiaram muito seu bairro. Outros companheiros falar sobre outros modelos positivos, em outras áreas da cidade.

“Todas as praças do bairro foram reformadas pelos comerciantes. Até uma emissora de TV, que tem instalações no Jardim Botânico, comprou nossa ideia. O segredo é simplificar, criar ações de fácil aplicação, mostrar que a associação está ali para os interesses coletivos e não pessoais ou políticos”, explicou Heitor.

Outro destaque do dia foi a palestra de Gerson Brito, exdirigente Nacional da Conam, e que militou nos quadros Juventude Socialista na década de 80. Sob muita emoção dos presentes ele falou sobre tema “O Governo Brizola e o Movimento Comunitário”. Gerson relembrou como foi fazer parte de um governo que, quando começou a corrida eleitoral, as pesquisas indicavam Brizola com a intenção de votos de apenas “2%” e a virada para vitória veio do movimento comunitário.

“O povo via em Brizola um igual; foi o movimento comunitário que o elegeu. Ele retribuiu fazendo escolas de verdade em tempo integral para os filhos da classe trabalhadora e fazendo com que as forças de segurança do Estado respeitassem os moradores das favelas” relembrou.

O treinamento fechou com a apresentação “Capacitação de Projetos: Como Vencer Barreiras”, com Marcos Barcellos, diretor executivo da MBX Consultoria, que ensinou técnicas simples de captação de recursos para as entidades.

As atividades

Com a participação de cerca de 70 pessoas – foram dirigidas pela presidente do MCT-RJ, Aparecida Godinho, e pelo vice-presidente da Fundação Leonel Brizola Alberto Pasqualini, Everton Gomes.