Ciro, Lupi e Manoel Dias inauguram centro de integração na sede da FLB-AP no Rio

O PDT inaugura hoje na sede nacional da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) um centro de integração para militantes e novos filiados do partido onde poderão ser realizados debates, palestras, filiações e pesquisas sobre Trabalhismo – com a presença do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e do secretário-geral e presidente nacional da FLB-AP, Manoel Dias, além de Ciro Gomes, vice-presidente nacional do PDT ex-candidato do PDT à presidência da República.

Também participarão do evento dirigentes do PDT-RJ, entre eles José Bonifácio Novelino, presidente; e Everton Gomes, vice-presidente da Fundação, e mais a deputada estadual Martha Rocha, candidata do PDT à prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ano que vem. Na inauguração também haverá uma roda de samba com a bateria do bloco Órfãos de Brizola.

Os visitantes do espaço cultural terão à disposição para consulta vídeos e livros relacionados ao Trabalhismo com a História de líderes como Getúlio Vargas, João Goulart, Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e vários outros antigos dirigentes do PDT. Também terão disponível, para consulta, a coleção de “Tijolaços” escritos e publicados por Leonel Brizola.

A sede da FLB-AP, adquirida nos anos 90 por decisão pessoal de Leonel Brizola, tornou-se ponto de encontro da militância do partido há anos por conta de sua excelente localização – fica na rua do Teatro 39, ao lado do Teatro João Caetano – na Praça Tiradentes – em frente à estação do VLT.

O centro de integração que será inaugurado hoje (20/8) ocupará todo o 1º andar, onde também funciona há anos o Movimento de Aposentados e Pensionistas (MAPI) do PDT, que continuará se reunindo todas as quartas-feiras no local que ganhou novo impulso na campanha de Ciro Gomes à presidência, por conta do grande número de interessados que se apresentaram espontaneamente em 2018 para fazer campanha, para Ciro.

Maria José Latgé, presidente do MAPI, explicou que Joildo Machado, coordenador do espaço, a procurou para informar que todos os movimentos do partido terão acesso ao espaço, sendo responsáveis pela programação dele – em dias alternados, segundo agenda que está sendo organizada.

Na época da eleição também funcionou lá o núcleo “Mulheres com Ciro”, além do centro de distribuição de material da campanha do Ciro. Segundo a responsável pela biblioteca que funcionará no local, o espaço foi criado partindo da ideia de que a internet permite as pessoas trocarem informações, mas nada substitui a convivência. “Um dos objetivos da criação do centro é retomar essa convivência”, argumentou Zoraia Sauer.