Centro de Memória Trabalhista do PDT inicia hoje às 19 horas seminário virtual sobre 90 anos da Revolução de 30

Organizado pelo Centro de Memória Trabalhista, o evento reunirá lideranças progressistas do Brasil
Por Bruno Ribeiro / FLB-AP
28/09/2020

Com um seminário virtual, o PDT e a Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) homenagearão os 90 anos da Revolução de 30, movimento popular e nacionalista que tirou o Brasil da política do café-com-leite, dominada pelas oligarquias regionais, para colocar no rumo do desenvolvimento e da integração. Entre os dias 5, 6 e 8 de outubro, o evento, organizado pelo Centro de Memória Trabalhistas (CMT), reunirá lideranças progressistas, incluindo o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes.

Celebrado, oficialmente a partir do dia 3 de outubro daquele ano, o conjunto de atos revolucionários – e deflagrados por operações militares –, resultaram em um governo provisório liderado Getúlio Vargas. Símbolo do Trabalhismo, o ex-presidente da República será um dos homenageados já abertura, no dia 5, às 19h.

Denominado “De pé pelo Brasil”, o painel de abertura contará com as presenças do jornalista José Augusto Ribeiro, da professora da PUC-Rio, Maria Celina D’Araujo, e da historiadora, Rosa Maria Araújo, bem como a mediação do cientista político e vice-presidente da Fundação no Rio, Everton Gomes.

Com Carlos Lupi, o presidente da FLB-AP, Manoel Dias, e o senador, Jaques Wagneer, o segundo encontro – no dia 6, às 19h – dará um enfoque à temática dos trabalhadores brasileiros. Tendo professora e ambientalista do PDT de Minas Gerais, Duda Salabert, como condutora, o painel analisará o legado construído, com destaque para a criação, logo nos primeiros anos, do Ministério do Trabalho e a decretação das primeiras leis trabalhistas.

No encerramento, programado para o dia 8, às 19h, o ex-governador e vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes, estará debatendo o “Desenvolvimentismo de Vargas” ao lado do geólogo e ex-diretor da Petrobras, Guilherme Estrella, e do doutor em economia e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Luiz Gonzaga Beluzzo.

Coordenador do CMT, Henrique Matthiesen destaca a oportunidade de abordar um tema representativo para a nação em um momento que, segundo ele, todo o legado está sendo dilapidado por um governo descompromissado com as causas populares e democráticas.

“O PDT valoriza sua história e seus líderes. O seminário é mais uma oportunidade de ratificar nossa luta em prol da democracia, dos direitos sociais, das riquezas nacionais e da soberania patriótica”, afirmou.

Acompanhe, ao vivo, pelos canais do PDT, da Fundação e do CMT nas redes sociais, incluindo Facebook e Youtube.

 

   

PDT Nacional: facebook.com/pdt.org.br
FLB-AP: facebook.com/fundacaoleonelbrizola
CMT: facebook.com/CentroDeMemoriaTrabalhista