Notícias

Leonel Brizola ganhará estátua, em tamanho natural, na sede nacional do PDT em Brasília

Leonel Brizola, que em janeiro de 2022 completaria 100 anos, vai ganhar uma estátua de bronze em comemoração à data. A escultura, que será em tamanho natural, está sendo feita pelo artista plástico niteroiense Rodrigo Pedrosa, a pedido do presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Carlos Lupi. O monumento será fixado na sede nacional da legenda em Brasília e está em processo de modelagem. A previsão é que seja inaugurada no dia 22 de janeiro do ano que vem, data de centenário do líder trabalhista e fundador do partido. A estátua está sendo feita de corpo inteiro com 1,75m de altura, em bronze e pesará aproximadamente 150 quilos. As referências para a modelagem da obra são fotos de Brizola em diversos ângulos. A escolha do meu nome para fazer o monumento me parece que foi técnica, além da forte e histórica ligação da cidade com o PDT. Com isso resolveram escolher um artista de Niterói. A pose que ele ficará será uma pose típica dele com camisa social e paletó no braço. Iniciei a modelagem há 15 dias e estou fazendo a cabeça neste momento”, explicou Rodrigo Pedrosa.

Notícias

Japeri inaugura instalações de Centro de Triagem contra Covid-19 no bairro de Mucajá

A luta contra o coronavírus ganhou mais um reforço em Japeri nesta quarta-feira (12). Isso porque a prefeitura gerida pelo PDT, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inaugurou as novas instalações do Centro de Triagem da Covid-19 na Unidade Mista de Engenheiro Pedreira (Umep), no bairro Mucajá. A cerimônia, que não contou com a presença do público por conta da pandemia, foi prestigiada pela prefeita da cidade, Fernanda Ontiveros, e pela secretária de Saúde, Ana Luiza Albuquerque. O espaço, que continuará oferecendo serviços como atendimento médico (triagem) e exames para diagnóstico da doença (teste rápido e swab), conta com recepção, sala de triagem, dois consultórios, sala de coleta de exames, copa e banheiro. “Decidimos melhorar o máximo possível o atendimento à população neste momento tão difícil. E, como a Umep é uma das unidades de referência dos japerienses, estas instalações vão beneficiar e muito quem precisar de atendimento. Esta inauguração representa mais comodidade, conforto e eficiência na luta contra a Covid”, declarou a prefeita.

Notícias

Em Niterói, Câmara aprova projeto que dá o nome de Paulo Gustavo a uma das principais ruas de Icaraí

Após consulta pública realizada pela Prefeitura de Niterói, com mais de 34 mil participantes, a Câmara de Vereadores aprovou nesta quarta-feira (13) homenagem ao ator Paulo Gustavo que passa a batizar uma das principais ruas de Icaraí, a antiga Coronel Moreira César.  Nos próximos dias, o projeto de lei será sancionado pelo prefeito Axel Grael, do PDT.

Na votação virtual, que teve resultado divulgado no último sábado (08), mais de 31 mil niteroienses votaram a favor de alterar para Rua Ator Paulo Gustavo o nome da atual Rua Coronel Moreira César, em Icaraí, Zona Sul de Niterói. Cerca de 90,2% dos participantes responderam “sim” à pergunta “Você concorda com a substituição do nome do Coronel Moreira César, em Icaraí, pela Rua Ator Paulo Gustavo?”. Segundo Axel, “com esta homenagem Niterói demonstra carinho, admiração e respeito por este artista que sempre enalteceu a cidade”.

Notícias

Início da vida política em Sobral (CE) é o 3° episódio da série “Ciro, o dever da esperança”

O início de sua vida política foi o tema do episódio desta sexta-feira (14), o terceiro, da série “Ciro: o Dever da Esperança”, conduzida pela produtora cultural Giselle Bezerra. Na produção, o pré-candidato a presidente da República do PDT conta a “evolução natural” pela qual passou, iniciada há cerca de 40 anos, em Sobral (CE), em prol do bem estar social do povo – inicialmente ajudando o pai. “Em 1982, foi uma evolução natural. Meu pai tinha muito prestígio como defensor público. A gente chamava de advogado dos pobres. Professor universitário, ele ajudou a fundar a Universidade de Sobral, que é a Universidade do Vale do Acaraú. E, como prefeito, fez uma administração revolucionária. Mexeu com coisas muito importantes, especialmente na educação, na saúde, na infraestrutura da cidade”, explicou. “E eu estava ali, ao lado dele, ajudando em tudo. Daí para ser o candidato a deputado estadual foi um passo quase que natural”, completou.

Notícias

Em evento da UNE Lupi denuncia que Bolsonaro – na política do RJ – sempre foi bancado pelas milícias

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, criticou, nesta quinta-feira (13), no debate virtual da 12ª Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE), a relação do presidente da República, Jair Bolsonaro, com as milícias e cobrou punições pelas ações “genocidas” praticadas na pandemia. “Genocida chamado Bolsonaro, que eu conheço há 40 anos no Rio de Janeiro. Sempre foi o candidato bancado pelas milícias”, afirmou, ao defender a prisão após as denúncias, do partido, ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à Corte de Haia: “Assassino, sim! O chefe do Estado, do executivo, não pode fazer o que esse assassino está fazendo. Eu não descansarei enquanto não o ver na cadeia. Lugar de assassino é na cadeia”. Ao propor a mobilização do campo progressista, o pedetista menciona a priorização da educação como alternativa para resgatar o Brasil do atraso acumulado nos últimos anos.

Notícias

Executiva examina, semana que vem, criação do Movimento dos Cristãos Trabalhistas

A direção provisória do Cristãos Trabalhistas encaminhou, nesta quinta-feira (13), a documentação para formalização do movimento no PDT. O ato ocorreu durante encontro virtual com o presidente e o secretário-geral nacionais do partido, Carlos Lupi e Manoel Dias, respectivamente. Lupi indicou que, na próxima semana, a homologação entrará na pauta da reunião da Executiva Nacional, conforme determina o estatuto. Ao destacar a importância da organização, a liderança pedetista ressaltou a necessidade de reforçar o diálogo com camadas fundamentais da população. “Vocês estão tendo a coragem e a ousadia para falar com o segmento. Fomos o primeiro partido a ter um comitê evangélico. A iniciativa ocorreu nas eleições presidenciais de 1989, quando Leonel Brizola concorreu”, relatou Lupi. “A bíblia é instrumento de libertação e fonte de sabedoria”, acrescentou.

Notícias

Lupi, na “Folha”, vê ‘derretimento’ de Bolsonaro e espaço para Ciro crescer

Derretimento de Bolsonaro e crescimento de Ciro Gomes (PDT) para 2022. Essa foi a avaliação do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre a pesquisa Datafolha divulgada na noite dessa quarta-feira (12) durante entrevista para a ‘Folha de São Paulo’. Para ele, o presidenciável pedetista, que tem a menor rejeição, mostra potencial para agregar os votos dissidentes da polarização. “Começa a se construir um segundo turno Lula versus Ciro. É algo que venho falando desde dezembro e que começa a ganhar corpo. Bolsonaro tende a derreter cada vez mais e a representar o espectro mais radicalizado da sociedade, do ódio, da discriminação da direita mais raivosa”, disse. “Como Moro e Huck não devem ser candidatos, há um grande espaço para o crescimento do Ciro”, valorizou.

Notícias

Ciro denuncia: “Brasil já é o 5º país do mundo em número de feminicídios”

Em  2020, o Brasil já acumulava 1.823 crimes de gênero contra a mulher,  segundo a Rede de Observatório da Segurança. O número coloca o Brasil em quinto lugar no ranking mundial de feminicídio. Diante dos dados, o pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, fez um alerta, nesta quinta-feira (13), sobre a necessidade de alterar a realidade nacional. “O Brasil é o quinto país com mais feminicídios. Cinco mulheres são assassinadas ou sofrem violência todos os dias. É preciso dizer mais? Vamos mudar isso?”, afirmou, em novo vídeo da campanha de comunicação do partido o pré-candidato Ciro Gomes. Em uma escalada de violência, o país só está atrás de El Salvador, Colômbia, Guatemala e Rússia na quantidade de assassinatos de mulheres.

Notícias

“Racismo não é um problema apenas de cor da pele”, disse em 1998 Abdias Nascimento no Senado

No dia 13 de maio de 1998, há 23 anos, o então senador Abdias do Nascimento, ocupou a tribuna para manifestar sua opinião sobre a persistência da desigualdade racial no Brasil. A data marcava, de forma emblemática, os 110 anos da Lei Áurea, que determinou, legalmente, a abolição da escravatura. “O racismo não é um problema apenas de cor da pele”, disse, em um plenário pouco miscigenado. “Chegamos ao 13 de maio de 1888, quando negros de todo o País – pelo menos nas regiões atingidas pelo telégrafo – puderam comemorar com euforia a liberdade recém-adquirida, apenas para acordar no dia 14 com a enorme ressaca produzida por uma dúvida atroz: o que fazer com esse tipo de liberdade?

Notícias

Lupi mobiliza bancada do PDT contra o fechamento das universidades públicas

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou que, em conjunto com a bancada do partido no Congresso Nacional, iniciou uma mobilização emergencial, nesta quarta-feira (12), para impedir o fechamento das universidades públicas pelo governo Bolsonaro. Em destaque, a possível paralisação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em julho, por falta de verbas. “Aqui, em Brasília, lutando pelas nossas universidades federais, principalmente a do Rio de Janeiro. […] Com a bancada do PDT, lutando para manter a UFRJ funcionando com a excelência que sempre entregou ao Brasil”, disse, ao mencionar reuniões sobre o tema com os presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco, respectivamente.