Manchete

Manifestações contra Bolsonaro e a favor da vacina explodem por todo o Brasil

Milhares de pessoas protestaram neste sábado (23/1) nas principais capitais e cidades do país pelo atraso na campanha de vacinação contra a Covid-19 e pela destituição de Jair Bolsonaro da presidência da República por conta de sua má gestão diante da pandemia que já custou a vida de mais de 215 mil brasileiros. Os protestos devem continuar neste domingo (24/1). As manifestações contra o governo e a favor da vacinação aconteceram praticamente em todas as capitais e nas principais cidades do país e contaram com o apoio de movimentos sociais, partidos políticos, entidades sindicais e simples cidadãos. Muitos dos manifestantes pediram o imediato impeachment de Jair Bolsonaro por conta de seu negacionismo e combate à vacina.   Na capital paulista (foto), os manifestantes se concentraram em frente à Assembleia Legislativa de São Paulo, antes de sairem em carreata em direção à Praça Franklin Roosevelt pela Avenida 23 de Maio, uma das principais da cidade. Em Curitiba o ato foi convocado pela JS do PDT, apoiada pelos demais partidos e movimentos sociais.

Manchete

Campos dos Goytacazes: Caio Vianna (PDT) reitera no debate da Inter TV a acusação de que Wladimir Garotinho (PSD) fez a sua campanha baseada no uso de fake News

Os cerca de 360 mil eleitores de Campos dos Goytacazes decidem neste domingo, em 2° turno,  quem será o próximo prefeito da cidade, com mais de 600 mil habitantes, entre os candidatos a prefeito Caio Vianna (PDT) e Wladimir Garotinho (PSD) que nesta sexta-feira (27/11) se confrontaram pela última vez em um debate público com muitas acusações, pela Inter TV Planície, retransmissora local da Rede Globo de Televisão. Na discussão sobre providências na área de Educação, Caio Vianna exaltou o legado de Darcy Ribeiro e Leonel Brizola com a construção de centenas de escolas de horário integral em todo o Estado do Rio, os Cieps, e prometeu priorizar o setor: “Quero garantir que vamos permanecer com a conquista de eleição direta para diretor e diretora das escolas. Vamos investir em Educação, como o grande Darcy iniciou com os Cieps, com a ampliação das escolas integrais, atividades complementares de esporte e artes para o aluno poder ter um ambiente melhor para estudar e aprender”.

Manchete

PDT-RJ elege 51 vereadores no Rio de Janeiro e estará representado em todas regiões do Estado, sendo 17 na Metropolitana, sete no Noroeste e quatro na Região Serrana

Nas eleições de 2020, o PDT elegeu 51 vereadores em 26 municípios do Rio de Janeiro. A cidade de Niterói, na Região Metropolitana, foi o destaque por proporcionar a conquista de quatro cadeiras, incluindo o parlamentar mais votado: Andrigo Carvalho, reeleito com 4.783 votos. Ao todo, o partido terá representantes em todas as áreas do estado fluminense, sendo 17 na Região Metropolitana; nove na Região dos Lagos; seis no Norte Fluminense; sete no Noroeste; quatro na Região Serrana; quatro no Centro-Sul e quatro no Médio-Paraíba. Na Região Metropolitana, que acumula mais de 11 milhões de habitantes e 74% da população do estado a partir da capital e da Baixada Fluminense, os pedetistas estarão presentes, além de Niterói, com quatro vereadores, Maricá, com três; Japeri, com dois, em apoio à prefeita eleita, Fernanda Ontiveros; Tanguá, com dois; além do Rio de Janeiro, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Queimados, São João de Meriti e Seropédica com um eleito cada. Na foto, Axel Grael (E), Rodrigo e Andrigo, o vereador mais votado de Niterói.

Manchete

Axel Grael e Bagueira, candidatos do prefeito Rodrigo Neves, vencem a eleição de Niterói em 1° turno com 62,58% dos votos válidos e o PDT elege quatro vereadores

O candidato Axel Grael (PDT), que teve como vice o vereador Bagueira, do Solidariedade, foi eleito com 62,58% para a prefeitura de Niterói em primeiro turno. Ele é o candidato do atual prefeito Rodrigo Neves (PDT) e em segundo lugar ficou o candidato Flavio Serafini (PSOL) com 9,83% dos votos e, em terceiro,  Allan Lyra (PTC) com 9,42%. O PDT elegeu quatro vereadores: Andrigo; Renato Cariello; Binho Guimarães, representante da JS-PDT; e Carlos Boechat.

Manchete

Martha Rocha é a única candidata capaz de vencer Eduardo Paes no 2° turno das eleições para prefeitura do Rio de Janeiro segundo pesquisa Datafolha/Rede Globo

A deputada estadual Martha Rocha, candidata do PDT à Prefeitura do Rio de Janeiro,  é a única que tem condições de vencer o ex-prefeito Eduardo Paes  caso haja um bastante provável  segundo turno nas eleições – segundo a última pesquisa Datalhafolha divulgada ontem, quinta-feira (22/10), pela Rede Globo de Televisão. Segundo a pesquisa Datafolha/Globo, Eduardo Paes (DEM) lidera a disputa com 28% das intenções de voto, seguido pela delegada Martha Rocha (PDT)  com 13% ,  empatada no segundo lugar com o atual detentor do mandato que tenta reeleição, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), que tem total apoio do bispo Macedo e seus seguidores da Igreja Universal do Reino de Deus; e de Jair Bolsonaro, presidente da República. A delegada Martha Rocha é a candidata com o menor índice de rejeição entre todos os candidatos que disputam a eleição – apenas 7% dos eleitores.