Destaque

Lupi, pela Executiva Nacional, anuncia que PDT vai expulsar ou cancelar candidatura de quem descumprir Resolução 002/2020 apoiando Bolsonaro e ‘apologia ao fascismo’

A Executiva Nacional do PDT, através de seu presidente, Carlos Lupi, baixou a Resolução 002/2020 no dia 1° deste mês, que determina que o integrante do PDT, seja dirigente partidário ou candidato nas próximas eleições municipais que fizer propaganda favorável a Bolsonaro ou a sua “apologia ao fascismo” – sofrerá severa e imediata punição que vai do simples cancelamento da candidatura em plena campanha eleitoral – seja ela a prefeito, vice-prefeito ou a vereador – à expulsão do PDT. A resolução da Comissão Executiva Nacional do PDT, ad referendum do Diretório Nacional, tem por base o disposto no Artigo 87 do estatuto do PDT e da legislação eleitoral em vigor. Ela fixa normas para dirigentes municipais, estaduais e nacionais do PDT, além de parlamentares, detentores de cargos executivos e candidatos às eleições de 2020.

Destaque

Brizola é homenageado 16 anos após sua morte por Ciro, Lupi, seus netos e relançamento do livro biográfico de Leite Filho “El Caudillo”, em versão digital

Domingo que vem (21/6) o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o vice-presidente, Ciro Gomes, estarão reunidos com a neta de Leonel Brizola, a deputada estadual (RS) Juliana Brizola, para uma conversa ao vivo – com transmissão pelo Youtube – sobre a vida e a obra política de Brizola, o fundador do PDT. A live se chamará “Brizola, teu legado é a nossa História” e o início está marcado para as 17 horas. Antes, às 15 horas, também através do Youtube, haverá uma outra live – esta pelo relançamento do livro “El caudillo Leonel Brizola: um perfil biográfico”, do jornalista Leite Filho, cearense de Sobral. O livro, lançado originalmente em 2008, agora está sendo republicado ampliado, em versão digital, pela Amazon, com a inclusão de mais nove capitulos. Veja também vídeo de Carlos Lupi sobre Leonel Brizola.

Destaque

Ciro e Lupi convocam o ‘Janelas para a Democracia II’ nesta quinta 18/6 às 18h:30m

O ex-Ministro Ciro Gomes e os presidentes nacionais do PDT, Carlos Lupi; do PSB, do PV, da Rede e do Cidadania estão convocando o Brasil para novo protesto contra o desgoverno Jair Bolsonaro – através das redes sociais – para esta quinta-feira (18/6), às 18h30m. Manifestação nos moldes da realizada no dia 19 de maio passado que reuniu, além dos cinco partidos, políticos, artistas, lideranças sindicais e civis que se opõem a Bolsonaro. O ato “Janelas Pela Democracia II” tem o objetivo de reunir lideranças de todo o país “para ajudar o Brasil a se livrar” de Bolsonaro, como explicou Ciro Gomes, no seu Twitter. O ato de protesto se encerrará com um grande ‘panelaço’ contra Bolsonaro.

Destaque

Lupi e Antonio Neto falam ao vivo na Internet sobre a pandemia do Coronavirus, medidas do governo e o momento político do Brasil: “Não é hora de ir para a rua!”

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e Antonio Neto, presidente do PDT de São Paulo Capital, discutiram em live no facebook, no canal do Neto, os últimos acontecimentos ligados à pandemia do Coronovirus. Com alguns problemas técnicos, por conta da falta de prática no uso da ferramenta digital – mas com informações super relevantes sobre a questão o Coronavirus, Lupi fez comparação sobre a importância das medidas que Trump nos Estados Unidos e no Brasil. “Em vez de emprestar dinheiro através de bancos, é hora de liberar o Fundo do Amparo do Trabalhador, do FGTS e liberar esse dinheiro – a fundo perdido – para os trabalhadores porque esse dinheiro é deles, não é do governo”. Lupi ressaltou a importância da presença do Estado em todos os municípios do Brasil, através do SUS e dos serviços públicos. “Esquecem de dizer que médico é servidor público, a enfermeira é servidora pública, lixeiros são servidores públicos”, explicitou Lupi. Niterói fez parte do debate, sendo elogiadas as iniciativas do prefeito Rodrigo Neves.

Destaque

Músicos estendem a mão para a ABI e fazem show no Circo Voador nesta segunda 4/11

Ajude a ABI comprando ingresso antecipado para o show “A Música Estende a Mão à ABI”, na segunda que vem, dia 4/11, a partir das 18h30m, no Circo Voador. Ingressos a R$ 40,00  que podem ser comprados na portaria da Fundação Brizola – Pasqualini, na rua do Teatro 39, com Maneschy ou com seu Hélcio da portaria. Entre outros, estarão no palco, por ordem alfabética: Água de Moringa, Ana de Hollanda, Aroeira, Cordão do Boitatá, Jards Macalé, Mombaça, Monarco, Osmar Prado e Zé Renato.

Nacional

Corregedor do TSE dá seguimento à ação do PDT pedindo cassação de Jair Bolsonaro e Mourão

Em atendimento à ação impetrada pelo PDT e pelo partido Avante pedindo a cassação da chapa Jair Bolsonaro-Hamilton Mourão, do PSL, o corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Jorge Mussi, determinou nesta quinta-feira (10/10) que operadoras de telefonia informem os números de linhas telefônicas de quatro empresas e de seus sócios apontados como responsáveis pelo disparo de mensagens em massa pelo Whatsapp nas eleições de 2018.

Estadual

Movimento dos Aposentados (MAPI) celebra “Dia do Idoso” com almoço em Niterói

Os integrantes do MAPI celebraram o Dia do Idoso com uma confraternização no Clube Fluminensinho, na Ponta da Areia, Niterói, ao lado do tradicional Mercado do Peixe da cidade, no último domingo (6/10) . Estiveram presentes companheiros de diversos municípios da capital e do interior, alguns especialmente vindos para o evento, além de autoridades municipais de Niterói, além da presidente do Mapi – Maria José Latgé.

Destaque

Cartilha sobre Abdias do Nascimento e sua luta será lançada no Rio nesta sexta, 18/10, às 18 horas, no espaço multiuso Professor Loureiro

O Centro de Memória Trabalhista lança depois de amanhã – sexta-feira dia 18/10, às 18 horas – cartilha dedicada a vida e a obra de Abdias Nascimento, ativista e fundador do Movimento Negro do PDT, no Espaço Multiuso Professor Loureiro, na sede da Fundação Brizola-Pasqualini, no Centro do Rio. A cartilha, entre vários textos, publica a biografia de Abdias intitulada “O Incansável Ativista Negro”, do historiador Wendel Pinheiro; e também uma entrevista com Elisa Larkin Nascimento, viúva de Abdias e diretora do Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro). O evento é da seção fluminense da FLB-AP presidida por Everton Gomes.

Estadual

“Legalidade”, o filme, vai passar novamente na sede da Fundação Pasqualini – na sexta

Inspirado na rebelião da Legalidade liderada por Leonel Brizola em 1961, que garantiu a posse do presidente João Goulart, o filme de do cineasta gaúcho Zeca Brito será exibido nesta sexta-feira, 04/10, a partir das 18 horas, na sede da Fundação Leonel Brizola – na rua do Teatro 39,, na Praça Tiradentes. Na última segunda feira (30/9) o filme passou pela primeira vez, seguido de palestra de Trajano Ribeiro, um dos fundadores do PDT.