Livro de Bruna Werneck sobre lobby na educação é lançado

Publicação foi apresentada em evento realizado neste domingo, na capital do Rio de Janeiro

A diretora de Núcleos de Base da Fundação Leonel Brizola-Alberto Pasqualini (FLB-AP) no Rio de Janeiro e mestre em Ciência Política, Bruna Werneck, lançou neste domingo (19), na capital fluminense, o livro “O Projeto Lemann e a Educação Brasileira”.  A publicação da pedetista apresenta uma análise sobre o impacto do lobby na educação do Brasil.

Em destaque, a influência de organizações ligadas a membros da elite nacional, como a Fundação Lemann, que carrega o sobrenome do seu idealizador: o empresário Jorge Paulo.

Na descrição da obra, a editora Oficina Raquel enfatizou ainda a abordagem da escritora sobre a “interferência desses agentes econômicos no mercado de escolas particulares e o assédio que imprimem sobre a educação de natureza pública”.

“Há 5 anos, decidi estudar mais a fundo as relações entre o Estado e entidades privadas no campo da educação brasileira. Acabei fazendo um recorte na atuação da Fundação Lemann e fico muito orgulhosa com o resultado dessa pesquisa”, declarou Bruna Werneck.

“Foram dois anos e meio para concluir o mestrado em Ciência Política na UFF [Universidade Federal Fluminense] e mais dois anos e meio para adaptar a dissertação e publicar como livro”, completou.

(Por Bruno Ribeiro)

Para aquisição de um exemplar, clique aqui.