Sustentabilidade é caminho sem volta para Niterói, garante Axel

*Por Axel Grael

Com muito orgulho, participei nos últimos anos de uma verdadeira transformação na forma como Niterói (RJ) enxerga suas riquezas naturais. A cidade, que já carrega grande tradição ambientalista, avançou em seu pioneirismo.

Sustentabilidade deixou de ser uma política periférica e se tornou uma prioridade de governo em nossa cidade. Alcançamos a universalização do abastecimento de água e o tratamento de esgoto chega a 94,5%, os melhores índices do Estado do Rio. Os números elevam a cidade a uma das melhores performances do país em saneamento.

Esta foi apenas uma das muitas vitórias do município que passou a ter 50% de seu território como área de proteção ambiental, através do programa Niterói Mais Verde (Decreto 11.744/2014), que criou o Parque Natural Municipal de Niterói (PARNIT). O sonho antigo, que trago comigo há muitas décadas, de uma Niterói ciclável, começou a se tornar realidade. Triplicamos a rede cicloviária da cidade, que atualmente conta com uma malha de 45 km e vai ultrapassar os 100 km com a implantação do sistema cicloviário da Região Oceânica.

O desenvolvimento econômico sustentável é um caminho sem volta e lideranças mundiais estão procurando potencializar esta tendência. Ganhou ênfase, sobretudo nos países europeus, o debate acerca da Economia Verde e da mitigação do impacto das mudanças climáticas.

É com este foco também que Niterói seguirá em frente, com investimento em áreas verdes e na drenagem sustentável, como a que estamos realizando no Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis.

O momento atual, diante das ameaças do coronavírus, que já mudou as dinâmicas de sociedade, nos estimula a sonhar com um mundo sob bases mais justas, democráticas e sustentáveis. Não há espaço para o retrocesso. Niterói tem histórico, tradição e vocação para o avanço.

*Axel Grael é prefeito de Niterói (RJ) pelo PDT.