Notícias

PDT vai às ruas no RJ e capitais pelo impeachment de Jair Bolsonaro

No terceiro ato unificado contra o governo nos últimos dois meses, brasileiros saíram às ruas em todas as capitais brasileiras e dezenas de cidades médias exigindo o impeachment de Bolsonaro, mais vacinas e empregos. Aqui no Rio a Juventude do PDT puxou a participação dos pedetistas, estando presente na grande manifestação da Presidente Vargas com faixas, bandeiras do partido e a palavra de ordem “Se empurrar ele cai”, somando-se as demais forças políticas e sindicais presentes. Também estiveram no ato no Rio funcionários da Petrobrás, da Cedae dos Correios, da Eletrobrás, professores de universidades públicas universitários e de várias outras categorias profissionais – todos contra a gestão Paulo Guedes/Bolsonaro. Os manifestantes usaram máscaras, álcool e mantiveram distanciamento por conta da pandemia e a passeata percorreu a avenida do Monumento à Zumbi até a Candelária. Lupi, parabenizou os pedetistas.

Notícias

PDT filia lideranças da Região dos Lagos e impulsiona Trabalhismo no RJ

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, abonou as fichas de filiação do ex-prefeito de São Pedro da Aldeia (RJ) Cláudio Chumbinho; e de Ton, vereador de Arraial do Cabo (RJ) Ton. Com a participação do ex-deputado estadual, Jânio Mendes, a chegada de novas lideranças da Região dos Lagos foi confirmada em reunião, nesta quinta-feira (1), na sede da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), no Centro da capital. Chumbinho (centro da foto), postulante a deputado federal, e Ton, que já tinha cumprido mandato anterior de vereador pelo partido, ratificam o potencial protagonista da sigla brizolista nas eleições de 2022. Lupi citou, como exemplos de sucesso, o prefeito de Cabo Frio (RJ), José Bonifácio, e o ex-prefeito de Niterói (RJ) e pré-candidato ao Palácio Guanabara, Rodrigo Neves. “O PDT fluminense amplia sua força com a chegada de duas importantes lideranças. Chumbinho encerrou, recentemente, sua gestão em São Pedro da Aldeia com ótima avaliação. O Ton é um jovem capacitado com uma atuação destacada em Arraial do Cabo”, comentou Lupi.

Notícias

Ciro e Lupi sobre atos contra Bolsonaro: ‘Vão, mas com cuidado’

Carlos Lupi e Ciro Gomes, presidente e vice-presidente nacionais do PDT, manifestaram nesta sexta-feira (2) apoio as manifestações programadas para este sábado (3/7) em todo o país – a favor do impeachment de Jair Bolsonaro. Mas ambos pediram que os participantes precisam tomar todas as precauções necessárias para evitar a proliferação do coronavírus. “Você que for, use a máscara, leve álcool gel, não se aglomere. A vida é o bem mais precioso que a gente tem. Proteste com civilidade, dando exemplo e mostrando a esse profeta da ignorância que nós somos diferentes”, destacou Lupi, em vídeo. “As manifestações vão ajudar o Brasil a tirar essa inércia da Câmara dos Deputados sobre o impeachment. Os políticos estão de olho na carne, estão comendo dentro do chafurdo de ladroeira, de corrupção, de clientelismo que é o governo Bolsonaro. Se a gente empurrar, Bolsonaro cai!”, completou Ciro, no Twitter. O pré-candidato do PDT à presidência participou na última quinta (1/7) do primeiro debate para as eleições presidenciais de 2022 juntamente com o ex-ministro da Saúde,  Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o atual governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).

Notícias

Vereador Binho (PDT) aprova, em Niterói, programa Primeiro Emprego

O vereador Binho Guimarães (PDT) conseguiu que fosse aprovado nesta quarta-feira (30), na Câmara Municipal de Niterói (RJ), projeto de sua autoria para a criação do Programa Meu Primeiro Emprego. A proposta, que poderá auxiliar e viabilizar o início da vida profissional de milhares de jovens, segue para sanção do prefeito pedetista Axel Grael. Pelo projeto de lei, a prefeitura está autorizada a criar medidas, a partir da concessão de benefícios fiscais às empresas, para promover a escolarização e a capacitação profissional, bem como incrementar a participação da sociedade no processo de formulação de políticas de geração de trabalho e renda. Como contrapartida, as companhias deverão destinar pelo menos 20% das vagas de trabalho para os que estão em busca da primeira oportunidade profissional. O período mínimo de reserva é de 12 meses, considerando a data de início da concessão do incentivo municipal. Na justificativa Binho argumentou que na juventude a falta de recursos financeiros e de chances levam ao distanciamento do mercado de trabalho.

Notícias

Fernanda Ontiveros amplia intervenções em bairro Nova Belém

A prefeitura de Japeri (RJ), por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo, iniciou nessa terça-feira (29) diversas ações de melhorias no bairro Nova Belém. Durante todo o dia, as equipes fizeram a remoção de 3 mil toneladas de entulhos do antigo aterro local e instalaram novos pontos de iluminação em diversas ruas. O próximo passo é iniciar na localidade um grande pacote de obras e infraestrutura, em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagens (DER-RJ). O bairro está entre os 13 bairros que serão beneficiados com o pacote de obras, fruto de um convênio entre os governos municipal e estadual. A prefeita Fernanda Ontiveros, esteve no local e disse que o objetivo é pavimentar todo o trecho entre a Avenida Ayrton Senna até a Marquês São Marcos, entre outras vias, além de intensificar o trabalho de dragagem dos canais na localidade, evitando a proliferação de agentes transmissores de doenças. “O pedido de melhorias aqui no bairro Nova Belém era algo que eu ouvia muito dos moradores no período da campanha. Hoje demos o pontapé inicial nessa demanda”, disse a prefeita.

Notícias

Proteção aos trabalhadores é prioridade no programa de Ciro

A proteção ao trabalhador é uma prioridade do pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, para viabilizar a revolução produtiva pelo Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND). Com uma série de medidas destacadas em vídeo nesta quinta-feira (1), o pedetista busca estancar o crescimento do desemprego, da informalidade e da precarização no mercado de trabalho. “Sem combater a informalidade, não poderemos realizar a revolução produtiva de que precisamos e somos capazes. Nem superar os extremos de desigualdade no Brasil. E, aqui, temos que separar o que é flexibilidade no mercado de trabalho, necessária a qualquer economia avançada, do que é precarização do emprego e dos salários. É aqui que temos que concentrar nossos esforços”, pontua. O ex-governador do Ceará alerta que, em 2019, o mercado informal já concentrava 41,6% dos trabalhadores brasileiros e em onze estados o percentual já era superior a 50%, conforme dados do IBGE. Como consequência da pandemia da Covid, os índices cresceram vertiginosamente.