Manchete

PDT também assina ‘superpedido’ de impeachment contra Bolsonaro na Câmara

Primeiro partido a registrar uma solicitação de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o PDT, a partir do seu presidente nacional, Carlos Lupi, assinou também o ‘superpedido’ em conjunto com mais vários partidos protocolado nesta quarta-feira (30/6) na Câmara dos Deputados, juntamente com sindicatos, organizações sociais e dezenas de signatários. Reunindo argumentos de outros 122 pedidos para sustentar a configuração de 23 crimes de responsabilidade, o documento ratifica que Bolsonaro, “desde o início do seu mandato, vem incidindo, de maneira grave, reiterada e sistemática em ofensas à Constituição da República”. Com tais condutas, “o mandatário parece apostar na tolerância e naturalização de tais violações”. Para Lupi, “as novas denúncias mostram que o governo Bolsonaro é corrupto e ignorou o sofrimento dos brasileiros”.

Notícias

“Empurra que ele cai”, diz Ciro sobre impeachment de Bolsonaro

“Empurra que ele cai”, disse o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, sobre o possível impeachment de Jair Bolsonaro pelos sistemáticos crimes no governo federal. A cobrança nesta terça-feira (29), pelas redes sociais, ocorreu após a divulgação de novas denúncias de corrupção na compra de vacinas contra Covid-19 pelo Ministério da Saúde.   “Se confirmado, será um dos maiores escândalos de corrupção já vistos no Brasil. Em especial, pela troca de vidas humanas por um punhado de dólares para encher os bolsos de bandidos que tomaram conta do governo brasileiro”, analisou, em vídeo, ao mencionar a reportagem do jornal Folha de São Paulo.  Pela gravidade dos fatos, o ex-governador do Ceará salientou que fraudes e propinas relatadas reforçam a posição do PDT, que protocolou, na Câmara dos Deputados, o primeiro pedido de deposição de Bolsonaro. “Eu já assinei três pedidos de impeachment e assinaremos quantos mais forem necessários para tirar esse criminoso e genocida da presidência do Brasil”, confirmou. “Todos devemos, agora, pressionar as lideranças que estão se escondendo dessa luta pelo impeachment”.

Notícias

Rodrigo Neves defende vacinação e SUS ao ser imunizado

“Se vacinem, qualquer que seja o imunizante, e continuem perseverando nos cuidados”, salientou o ex-prefeito de Niterói e pré-candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro pelo PDT, Rodrigo Neves, ao receber nesta segunda-feira (28), na Policlínica Guilherme Taylor March, no bairro Fonseca, a primeira dose do imunizante. O pedetista estava acompanhado do atual prefeito, Axel Grael, e do presidente da Câmara, Milton Cal. Fomentador do Programa Médico de Família e do Sistema Único de Saúde ao longo dos seus dois mandatos como gestor da cidade, Rodrigo Neves prestou homenagem às vítimas da COVID-19, destacou a contribuição dos profissionais da linha de frente e defendeu a vacinação.  “Estou muito emocionado, lembrando de todo esse período de batalha pela vida. Infelizmente perdemos muitas pessoas queridas, mas essa vacina é uma etapa importante de superação da mais trágica pandemia dessa geração”, comentou Neves, que completou 45 anos na mesma data. “Um momento de emoção e de celebrar a ciência, o SUS e todos os trabalhadores da Saúde de Niterói. Nossa cidade foi a única a participar dos testes para o desenvolvimento da vacina e hoje somos referência com mais ds metade da população vacinada. Cuidem-se! Aceite a vacina quando for a sua vez de ser imunizado!”, acrescentou. 

Notícias

PDT cobra políticas de Estado efetivas contra intolerância religiosa no RJ

A efetiva estruturação e implementação de políticas de Estado é uma medida essencial no combate à intolerância e ao racismo religioso. Nesta terça-feira (29/06), a proposta foi defendida em reunião pela deputada Martha Rocha (PDT), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o tema na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), e pelo presidente nacional do PDT Axé, Marcelo Monteiro. “O que tratamos aqui é de violações de Direitos Humanos, que se traduzem em racismo religioso. Esse é o entendimento que essa CPI quer firmar. Uma questão só é importante na gestão pública quando está na rubrica orçamentária”, disse Martha Rocha, que pretende pedir a inclusão de dotação de recursos no relatório final da CPI. “Temos que fazer o movimento que vai além de apontar na previsão do orçamento. É fundamental que consigamos mobilizar e sensibilizar os gestores da importância do investimento nas ações de enfrentamento a violência religiosa”, complementou. Marcelo Monteiro, que também preside o Centro de Tradições Afro-brasileiras, defendeu a criação de um marco legal de proteção dos povos tradicionais de matriz africana contra os crimes de ódio.

Notícias

Dia do Orgulho LGBTQIA+: Lupi e Martha exaltam Diversidade PDT

No Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ (7), o PDT do Rio de Janeiro reforçou as conquistas e a luta contra o preconceito em uma live organizada pelo PDT Diversidade em parceria com a Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP). No debate com ativistas, o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e a deputada estadual Martha Rocha. Com a mediação do presidente estadual do movimento, Thiago Veras, e do secretário nacional de Criatividade e Inovação da Fundação, Leonardo Lupi, as lideranças pedetistas aprofundaram a análise sobre a importância do enfrentamento ao governo de Jair Bolsonaro, do combate à LGBTfobia. “Bolsonaro é o retrato da homofobia e da intolerância no Brasil. Chega! […] Esse 28 de junho de 2021 é o começo do fim dessa ‘gentalha’, do ódio”, afirmou Carlos Lupi, destacando a atuação da organização colaborativa a partir da presidente nacional, Amanda Anderson. “Nós temos que ter a nossa voz ouvida, não podemos ser uma maioria silenciosa”, acrescentou, com ênfase ao legado brizolista em prol dos direitos sociais.

Notícias

Cabo Frio (RJ) implanta testagem rápida itinerante contra Covid-19

A prefeitura de Cabo Frio (RJ), sob a gestão de José Bonifácio (PDT), irá realizar um mutirão de testagem rápida para detecção da Covid-19 por categorias. A medida segue a estratégia de ação da Secretaria Municipal de Saúde para controle e acompanhamento da evolução dos casos no município. A ação atenderá grupos que já fizeram agendamento prévio pelo telefone 0800 021 6590, informando o local da testagem, a quantidade de pessoas que será testada e o nome completo de quem vai ser testado. A partir desta segunda-feira (28) serão testados grupos de motoristas de aplicativos, de transportes coletivos, taxistas entre outros. O exame será feito a partir das 9h no estacionamento do supermercado Extra, no bairro Braga. Na quarta-feira (30) será a vez de um grupo de pescadores, a partir das 9h, na sede da Colônia de Pescadores. Na quinta-feira (1) será iniciada a testagem dos funcionários da Rede Inter TV, a partir das 13h. Na sexta-feira (2) é a vez dos funcionários da Rádio Ondas FM, a partir das 11h.

Notícias

Prefeitura de Japeri (RJ) promove ação social para o público LGBTQIA+

A Prefeitura de Japeri (RJ), administrada por Fernanda Ontiveros (PDT), promoveu nesta sexta-feira (25) uma ação social voltada para o público LGBTQIA+. O evento, que aconteceu na Praça Vereador Wendel Coelho, em Engenheiro Pedreira, contou com a parceria do Centro de Cidadania LGBT Baixada II. No evento também estiveram presentes autoridades municipais e representantes do legislativo. No local, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho ofereceu serviços de orientação de carteira de trabalho digital, atendimento jurídico, psicológico e assistencial. Além disso, quem participou da ação também fez agendamento de CadÚnico e Bolsa Família. Também foram realizados testes rápidos de Infecções Sexualmente Transmissíveis. “Tivemos pelo menos 20 pessoas que fizeram cadastro no Bolsa Família, outras 10 que tiraram carteira de trabalho e 50 testes rápidos de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Essa é a primeira de muitas ações que iremos realizar aqui na cidade”, disse a coordenadora do Centro de Cidadania LGBT Baixada II, Nilzinha Barbosa.

Notícias

Niterói é 1a. cidade do RJ a integrar a Ouvidoria de Direitos Humanos

Niterói é a primeira cidade do Rio de Janeiro a fazer parte do sistema da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos. A Prefeitura, sob a gestão do PDT, terá acesso às informações dos canais de denúncia ‘Disque 100’ e ‘Disque 180’ e sobre casos de violações de direitos e violência à mulher. O Acordo de Cooperação Técnica foi firmado, na última terça-feira (22), com representantes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SMDH) e da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), em Brasília. O Disque 180 é o principal canal de denúncia para mulheres vítimas de violência, já o Disque 100 acolhe todos os demais casos, como idosos, crianças e população LGBTQIA+, entre outros. O secretário de Direitos Humanos, Raphael Costa, explica que o acordo favorece a integração dos órgãos e auxilia no trabalho prestado.

Notícias

Ciro: “Volta ao passado jamais será o caminho para o futuro”

A reflexão em torno do passado, presente e futuro do Brasil sustentou o discurso do pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, em novo vídeo lançado nesta segunda-feira (28), nas redes sociais. Nesta perspectiva, Lula e Bolsonaro também devem ser avaliados de forma racional, sem a influência de sentimentos, como nas eleições de 2018.   “Não devemos sentir ódio ou vingança contra qualquer um dos dois. Apenas examiná-los com um olhar bem crítico. Não podemos fazer uma troca raivosa de um pelo outro. Um ódio novo não substitui um ódio velho”, defendeu. “Nós queremos a força da transformação pelo amor e pelo saber. Nós queremos a vida, o conhecimento, a justiça e a igualdade. Queremos o futuro e a inovação”, completou. A posição comparativa aprofundou a análise sobre a disputa programada para outubro de 2022. Ao se apresentar como um postulante com Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND), Ciro evidencia os diferenciais perante os possíveis concorrentes.

Notícias

Lupi celebra fundação do Movimento Negro ouvindo lideranças

O Movimento Negro do PDT completou 40 anos de fundação e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, dedicou seu programa semanal nas redes sociais “Café com Lupi” à data, entrevistando Ivaldo Paixão, atual presidente do movimento; e Elisa Larkin, diretora do Instituto de Pesquisa e Estudos Afro-brasileiros (Ipeafro), lutadora da causa e viúva do pioneiro da luta dos negros no Brasil pela igualdade, , Abdias Nascimento. Lupi lembrou no programa que a Carta de Lisboa, em 1979, marco na fundação do PDT, já dizia que era necessário “fazer justiça aos negros e aos índios que, além da exploração geral de classe, sofrem uma discriminação racial e étnica”. Abdias do Nascimento protagonizou o início dessa luta pela igualdade e sua intenção sempre foi, segundo Elisa Larkin, ligar o Trabalhismo à causa negra – isto desde o longínquo ano de 1945, no antigo PTB fundado por Getúlio Vargas. Mas foi só após o retorno de Brizola do exílio, e a fundação do PDT, que este sonho pôde se concretizar“, destacou Ivaldo Paixão, atual presidente do Movimento Negro do PDT, em longo relato da luta e dos problemas que atingem nos dias de hoje, em cheio, os negros brasileiros.