Notícias

Bonifácio, prefeito eleito de Cabo Frio, fala sobre seus primeiros passos: “Ideia é começar com corte em tudo”

O vice-presidente regional do PDT, José Bonifácio, segundo os jornalistas da “Folha dos Lagos” que o entrevistaram, nem parecia que, 48 horas antes conquistara o direito de governar Cabo Frio pela terceira vez, com uma consagradora diferença de mais de 11 mil votos sobre o 2º colocado. O prefeito eleito chegou sozinho à sede da Folha para a entrevista sem assessores nem correligionários, acompanhado apenas do inseparável chapéu panamá e, claro, da bicicleta com a qual percorreu a maior parte das ruas da cidade durante a campanha eleitoral. O acesso fácil e o despojamento, ele garante, continuarão ao longo do seu mandato.

Manchete

PDT-RJ elege 51 vereadores no Rio de Janeiro e estará representado em todas regiões do Estado, sendo 17 na Metropolitana, sete no Noroeste e quatro na Região Serrana

Nas eleições de 2020, o PDT elegeu 51 vereadores em 26 municípios do Rio de Janeiro. A cidade de Niterói, na Região Metropolitana, foi o destaque por proporcionar a conquista de quatro cadeiras, incluindo o parlamentar mais votado: Andrigo Carvalho, reeleito com 4.783 votos. Ao todo, o partido terá representantes em todas as áreas do estado fluminense, sendo 17 na Região Metropolitana; nove na Região dos Lagos; seis no Norte Fluminense; sete no Noroeste; quatro na Região Serrana; quatro no Centro-Sul e quatro no Médio-Paraíba. Na Região Metropolitana, que acumula mais de 11 milhões de habitantes e 74% da população do estado a partir da capital e da Baixada Fluminense, os pedetistas estarão presentes, além de Niterói, com quatro vereadores, Maricá, com três; Japeri, com dois, em apoio à prefeita eleita, Fernanda Ontiveros; Tanguá, com dois; além do Rio de Janeiro, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Queimados, São João de Meriti e Seropédica com um eleito cada. Na foto, Axel Grael (E), Rodrigo e Andrigo, o vereador mais votado de Niterói.

Sem categoria

Nem chuva arrefeceu campanha de Dimas (13) e Marlos Costa (12) para prefeito e vice de São Gonçalo neste final de semana

Nem as chuvas deste feriadão do Dia da Consciência Negra (20/11) esfriaram a campanha eleitoral em São Gonçalo onde as carreatas e reuniões se multiplicaram pelos bairros da cidade por conta da dobradinha do PDT e do PT para eleger prefeito no domingo (29/11) Dimas Gadelha (13); e vice-prefeito Marlos Costa (12). Os dois disputam o 2° turno contra o bolsonarista ‘capitão’ Nelson (Avante), ligado ao atual prefeito, José Luiz Nanci e a Igreja Universal do Reino de Deus. São Gonçalo é o 2° maior município do Rio em população e tradicional reduto do PDT onde já elegeu três prefeitos. Agora o PT, aliado com o PDT, tem chances reais de ganhar. Dimas venceu o 1° turno e é favorito no 2°. A chapa tem apoio dos prefeitos de Niterói, Rodrigo Neves (PDT); e de Maricá, Fabiano Horta (PT).  

Sem categoria

Lideranças do PDT vão a Campos reforçar campanha de Caio Vianna para prefeito no 2° turno

A campanha no 2° turno do candidato a prefeito do PDT Caio Vianna ganhou novo impulso na noite de ontem (20/11) com o comício no ginásio coberto do tradicional Automóvel Clube Fluminense, no centro de Campos dos Goytacazes, com a participação de mais de 2 mil pessoas, onde discursaram além de apoiadores locais, lideranças do PDT nacional e estadual. Lupi assinalou que “Caio é novidade política que agrega amor e competência”. Além de Lupi participaram do comício em Campos os prefeitos do PDT recém-eleitos no 1° turno – Axel Grael, de Niterói, e José Bonifácio, de Cabo Frio.

Notícias

Caio Vianna inicia disputa do 2° turno em Campos repudiando ‘fake news’ nas redes contra ele

O candidato do PDT a prefeito de Campos, Caio Vianna, voltou já a cumprir agenda de atividades de campanha para o 2° turno das eleições que acontece no próximo dia 29. O candidato a prefeito pela coligação “Reviva Campos” deu uma entrevista coletiva onde destacou suas propostas de governo e aproveitou a oportunidade para criticar a onda de fake News contra ele que estão circulando nas redes sociais. Perguntado sobre o que acha sobre a situação de seu adversário Wladimir Garotinho (PSD), filho do ex-governador Garotinho,  perante à Justiça Eleitoral – Caio Vianna alertou para o risco dos eleitores de Campos votarem em alguém que, no futuro, pode ter sua chapa impugnada,

Sem categoria

Dimas (PT) e Marlos (PDT) fecham cinturão progressista se ganharem em São Gonçalo

Um cinturão progressista na região mais adensada do Leste Fluminense da baía de Guanabara está prestes a se formar neste 2º turno das eleições se o médico Dimas Gadelha, do PT; e o advogado e auditor fiscal Marlos Costa, do PDT, consigam se eleger prefeito e vice de São Gonçalo, o 2º maior município do RJ depois da capital, vencendo o bolsonarista ‘capitão Nelson’, ligado a milícias locais e ao prefeito Nanci. A dobradinha PT-PDT venceu o 1º turno graças ao firme apoio que recebeu dos prefeitos das vizinhas cidades de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), e de Maricá, Na foto acima, da esquerda para a direita Marlos, Dimas, e os prefeitos Rodrigo Neves e Fabiano Horta.

Notícias

“A esperança é o projeto de Ciro Gomes”, artigo escrito e publicado na ‘Folha de São Paulo’ por Nelson Marconi

“Ciro segue os preceitos das teorias que melhor explicam o processo histórico de desenvolvimento dos diversos países, e que a observação empírica comprova, desde a Inglaterra nos primórdios até a Ásia atual: para o país ser bem-sucedido, é necessária uma estratégia contínua de ação conjunta das forças de mercado e do Estado, de modo a auxiliar as empresas a aumentarem a sua competitividade e a acelerar o processo de inclusão social e distribuição de renda.”, afirma entre outros pontos o economista Nelson Marconi, em artigo na “Folha de São Paulo”.

Notícias

Dimas (PT) e Marlos Costa (PDT) dão a partida rumo a vitória no 2º turno em São Gonçalo, 2a. cidade do RJ em habitantes

Com uma carreata saindo do bairro da Vidreira, ontem a tarde, a dobradinha Dimas Gadelha (PT) e Marlos Costa (PDT) deu a partida na campanha para o 2º turno na maior cidade do Estado do Rio de Janeiro depois da capital, São Gonçalo. Dimas e Marlos foram os mais votados no primeiro turno e na próxima quinta feira, pela manhã, terão uma reunião com lideranças evangélicas no salão nobre do Clube Tamoio, no centro da cidade. Dimas já foi secretário de Saúde (2015-2018) do atual prefeito José Luiz Nanci (Cidadania), que tentou a reeleição e perdeu.  Dimas tem 45 anos, é casado e pai de dois filhos. Marlos (PDT) é auditor fiscal.

Notícias

Executiva do PDT da Cidade do Rio de Janeiro decide, formalmente, não apoiar Eduardo Paes nem Crivella

A executiva do diretório do PDT da Cidade do Rio de Janeiro, reunida na segunda-feira passada para analisar os resultados do 1º turno das eleições municipais, decidiu não apoiar formalmente “nenhum dos dois candidatos que disputarão o segundo turno das eleições no Rio de Janeiro”. Em nota oficial, a direção do PDT da capital afirmou, sobre Paes, que ele mostrou nessa eleição atitude misógina, atentatória de padrões mínimos de ética e respeito mútuo que devem imperar entre adversários que disputam o mesmo pleito”. Já o apoio a Crivella “é impensável em razão de uma gestão que deixou a desejar e que representa a adesão política e ideológica ao bolsonarismo”.