Isabela de Roldão, ex-presidente do PDT em Recife e ex-vereadora, se elege como vice do prefeito João Campos (PSB)

Neste domingo, 29, João Campos (PSB) se tornou o prefeito de capital mais jovem da história do País. Após vencer sua prima Marília Arraes (PT) no 2° turno das eleições municipais de 2020 no Recife com 56,27% dos votos válidos. A vitória se torna simbólica para a cidade por eleger também Isabella de Roldão, primeira mulher a ocupar o cargo de vice-prefeita na capital pernambucana.

De Roldão é ex-vereadora, professora, advogada e já foi presidente do Partido Democrático Trabalhista do Recife (PDT). Ainda, a vice se declara uma apoiadora dos direitos humanos e ativista pela igualdade de gênero. No cenário político recifense, o papel de Isabella de Roldão era ainda mais fundamental por ser uma candidatura feminina, uma vez que Campos disputava contra Arraes e Delegada Patrícia (Podemos).

João Campos (PSD) foi eleito após conquistar 447.913 mil votos.  O resultado da apuração equivale a 56,27% dos votos válidos. João disputou o segundo turno das eleições municipais de 2020 com a prima, Marília Arrraes, candidata pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

A candidatura de Isabella foi decidida pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, com base nas Resoluçoes n° 006/2019 e 003/2020 da Direção Nacional do partido em função do apoio à ‘Frente Popular’ e à candidatura do deputado federal João Campos (PSB) à Prefeitura do Recife, em função da aliança nacional que as duas siglas estão construindo nacionalmente em função das eleições presidenciais de 2022. Uma aliança que segundo Lupi “foi construída com muito diálogo, envolvendo diferentes agentes políticos e partidários, sempre priorizando as demandas da população e com um olhar para a construção da cidade que queremos”, declarou.

Ainda nessa ocasião, a nota afirmou que “o PDT também tem a satisfação de anunciar a nossa participação na chapa majoritária encabeçada por João Campos, com a indicação da companheira Isabella de Roldão como vice. Isabella foi vereadora do Recife, conhece muito bem a cidade, carrega os valores do PDT e mostrou seu compromisso com o povo recifense ao abrir mão de sua pré-candidatura à prefeita pela unidade no campo progressista. Temos certeza de que, juntos, faremos uma campanha bonita e propositiva, para vencer as eleições e seguir avançando nas conquistas populares”, concluiu.